quarta-feira, 12 de março de 2014

Cachoeiras em Carolina


Post patrocinado (*)

Placa para cachoeira de São Romão, MASem dúvida, foi um dos finais de semana que melhor aproveitamos nos últimos tempos, com dois dias intensos de atividades de lazer e aventura No sábado, havíamos visitado o Encanto Azul e as cachoeiras do município de Riachão e o domingo nos reservou a Tirolesa de 1400 m e outras belas cachoeiras na região de Carolina, mostrando (parte) da beleza no sul do Maranhão. Belas imagens e filmagens mas, principalmente, muita diversão e interação com a natureza. Continuem com a última parte dos relatos:

Cachoeira da Caverna

Seguimos na camionete da Torre da Lua até as rampas de acesso que nos levam à entrada da Cachoeira da Caverna, deixamos o que não poderia molhar  nos suportes de madeira, entramos numa espécie de túnel na rocha e logo chegamos ao pequeno lago formado pela cachoeira. Não havia mais ninguém por lá, o que trouxe aquela sensação de ter a Natureza só para nós. Aproveitamos !!

Rampa de acesso às cachoeiras
Rampa de acesso à Cachoeira da Caverna

Além de bons mergulhos no lago, que estava com uma boa transparência - considerando que recebeu chuvas - havia uma pequena caverna por trás da queda d´água, onde podemos entrar e ficar em pé. Diversão por todos os lados, inclusive bem embaixo da queda. Veja as fotos e o vídeo:

Entrada da caverna  - Carolina, MA
Entrada para a Cachoeira da Caverna
Cachoeira da Caverna 1 - Carolina, MA
Cachoeira da Caverna
Cachoeira da Caverna 3  - Carolina, MA
Agnaldo na base da queda d´água
Cachoeira da Caverna  - Carolina, MA
Jodrian, por trás da cachoeira
Cachoeira da Caverna 4  - Carolina, MA
Rosana aproveitando uma massagem nos pés.

Cachoeira do Capelão

Ao invés do que poderia parecer, o nome não se deve à classe dos religiosos. A denominação deriva de uma espécie de macaco que era comum no local. Mais um recanto que parece estar esperando para ser descoberto. O lago parece pequeno, mas dá para mergulhar e curtir bastante:

Cachoeira do Capelão 1
Cachoeira do Capelão
Cachoeira do Capelão 2 - Carolina, MA
Outra visão da Cachoeira do Capelão

Também tivemos o privilégio de ter o local só para nós e, tão logo saímos, um grupo de umas dez pessoas chegava para curtir o local.

Bom..., depois de uma descida na Tirolesa e duas cachoeiras, a fome apertou e voltamos às instalações do Parque da Pedra Caída para almoçar um tambaqui frito.

Cachoeira de São Romão

Normalmente, a visita à Cachoeira de São Romão é feita em conjunto com a Cachoeira do Prata, em um dia inteiro dedicado a elas. Contudo, não conseguimos conhecer a principal atração do Parque: a Cachoeira do Santuário de Pedra Caída, com acesso interditado devido ao volume de chuvas nas vésperas.

Tínhamos a tarde livre. Fizemos a sugestão e nosso guia Agnaldo topou encarar o trajeto off road até a maior queda d´água – em volume – do Maranhão: A Cachoeira de São Romão, que fica no Rio Farinha, um afluente do Rio Tocantins a 70 Km de Carolina.

O percurso nos tomou umas duas horas e meia, atravessando matas e algumas fazendas (haja porteira para abrir, esperar o carro passar e tornar a fechar). Por fim chegamos a uma pequena estrutura para refeições, que serve de apoio aos visitantes e tomamos a trilha rumo à parte baixa da cachoeira.

Pedra com formato de galinha
Galinha?
Pedra com formato de mulher de vestido
Mulher de vestido?
cachoeira de São Romão, Carolina - MA 3
Chegando à Cachoeira de São Romão
cachoeira de São Romão, Carolina - MA 2
Com 25 metros de altura, o volume de água caindo impressiona
cachoeira de São Romão, Carolina - MA
Outra visão, por cima da Cachoeira


Passamos pouco tempo. O volume de águas não permitia um banho – em épocas mais secas, é possível até andar por trás da cachoeira. Além disso, restava ainda todo o caminho de volta. Voltamos para ver a cachoeira por cima e retornamos para Carolina.

Não conseguimos ver o pôr-do-sol no Portal da Chapada mas, em compensação, tivemos um belo entardecer no caminho. Presente de despedida com tons dourados:

Entardecer na volta  - Carolina, MA
Entardecer na Chapada das Mesas

Vídeo

 O vídeo traz as 3 cachoeiras que relatamos neste post. Veja como foi divertido:

             Cachoeiras em Carolina, MA

 A cidade de Carolina

Carolina tem mais de 200 anos de história. Fundada em 1809 por Elias Ferreira Barros, com o nome de Arraial de São Pedro de Alcântara, a região era habitada pelos índios Macomekrans ou Kraôs. Cinqüenta anos depois, foi emancipada, com nome em homenagem à primeira Imperatriz do Brasil: D. Maria Isabel Leopoldina Josefa Carolina.

Hoje a cidade ainda abriga muitas casas que conservam a arquitetura da época e é o melhor ponto de apoio para visitar a região da Chapada das Mesas. Ruas arborizadas harmonizam e convidam a passear, enquanto planejamos a próxima aventura.

Carolina, MA

Ruas de Carolina - MA

Torre da Lua, Carolina - MA
Sede da Torre da Lua

 Dicas e orientações

  • A visita às cachoeiras é paga: R$ 30,00 por pessoa para a Cachoeira da Caverna + Capelão e R$ 10,00 para a Cachoeira de São Romão.
  • O acesso às cachoeiras do Complexo Turístico de Pedra Caída pode ser feito com os guias do local. Entretanto, será necessário aguardar a formação de um grupo de pessoas. A vantagem de ir com um guia próprio é gerenciar melhor os horários e conseguir visitar as cachoeiras com maior tranqüilidade.
  • O Complexo Turístico de Pedra Caída fica às margens da BR-230, no Km 35 da BR-230, a 35 Km de Carolina.
  • Há várias outras atrações, que certamente valem a visita – espero que possamos voltar para visitar: Cachoeira do Santuário da Pedra Caída, Cachoeiras Gêmeas do Itapecuruzinho e Portal da Chapada, além de opções de trilhas na região.
  • Quem leva: Torre da Lua

     O que levar?

    • Repelente. Mutucas são comuns
    • Protetor solar
    • Máscara de mergulho e Snorkel. Podem ser alugados com a Torre da Lua
    • Roupas de banho
    • Sandália tipo Papete ou tênis que possa ser molhado – as caminhadas não são longas
(*) A Torre da Lua concedeu descontos para o blog.

Um comentário:

  1. Um lugar belo e inesquecivél :) vale muito a pena conhecer.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...