terça-feira, 23 de agosto de 2016

Caminhada Natal-Caicó 4ª parte


Casa de Seu Francisco
Seu Francisco e os caminhantes
Ao final do 3º dia de caminhada, já havíamos acumulado mais de 88 Km de percurso e um trecho menor veio bem a calhar. Saímos da pousada em Barcelona às 07:00 e seguimos em direção à São Tomé, distante apenas 18 Km, mantendo um ritmo mais tranquilo.

Logo após a saída, paramos para dar um alô a Seu Francisco em sua casa e fomos margeando a estrada sem acostamento. O trecho não apresentava muitas novidades, mas eis que vimos um carcará pousado em um arbusto, bem próximo do asfalto. Pensamos que ele voaria tão logo chegássemos perto, mas não foi o caso.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Trilhas no Parque da Borborema


Mapeamento e classificação das trilhas
Anotações durante o mapeamento e classificação
No final de julho, realizamos um trabalho de mapeamento e classificação de trilhas no Parque da Borborema, em Santa Cruz - RN, município localizado na mesorregião do Agreste Potiguar e microrregião da Borborema Potiguar, cuja sede fica localizada a 122 Km de Natal - RN, com acesso pela BR 226.

O acesso está a 8 Km da sede do município de Santa Cruz, feito através de estrada carroçável. Na sede da Fazenda Boa Hora, há estrutura para prática de arvorismo, tirolesa e pista de obstáculos, várias instalações típicas do ambiente rural, além do Museu Auta Pinheiro Bezerra, cujo acervo inclui peças típicas do ambiente sertanejo.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Caminhada Natal-Caicó 3ª parte


Saindo bem cedo de São Pedro
Saída de madrugada, caminhando pelas ruas de São Pedro - RN
Acordamos bem cedo, sabendo da necessidade de percorrer um longo trecho entre São Pedro e a cidade de Barcelona. Saímos da casa onde nos hospedamos e seguimos para outra casa, da irmã da proprietária para tomar café. Fizemos nossa "reserva energética" à base de cuzcuz, ovo, salsicha, suco, pães e café. Barriga cheia e uma preocupação que já existia e foi reforçada pelos moradores: ocorrem muitos assaltos na região.

A bem da verdade, é o tipo de informação que não ajuda muito, pois não havia muito o que fazer. A decisão era continuar ou não e, claro, não iríamos parar ali. Contudo, não conseguimos eliminar por completo a preocupação e talvez isso tenha contribuído para um ritmo maior nos primeiros trechos.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Visita técnica ao Parque Nacional da Furna Feia


A convite do SEBRAE-RN, tivemos o privilégio de conhecer uma pequena parte do Parque Nacional da Furna Feia, situado entre os municípios de Baraúna (60% da área) e Mossoró (40%). É um parque recente, criado em junho de 2012, após 10 anos de estudos e ainda não está aberto ao público - a entrada só é permitida com a autorização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Possui aproximadamente 8.500 hectares de área e está localizado a cerca de 35 Km de Mossoró, a principal cidade do oeste do Rio Grande do Norte. Além da biodiversidade em uma área de Caatinga bem preservada (pelo menos 110 espécies de aves identificadas, por exemplo) são 218 cavernas atualmente registradas.
Mapa do Parque Nacional da Furna Feia
Área do Parque Nacional da Furna Feia - Fonte: ICMBio

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Caminhada Natal-Caicó 2ª parte


Chegada à Cidade de São Pedro
Chegada à São Pedro
No 2º dia de caminhada, acordamos cedo, por volta das 04:00 e começamos os preparativos para seguir viagem, revezando entre os sete participantes o único banheiro da casa. Tomamos café, preparamos sanduíches e lanches com o jantar da véspera e saímos às 05:45 com o privilégio de ver o Sol em suas primeiras luzes. As roupas lavadas no dia anterior seguiam por fora das mochilas, secando ao sol.

A animação continuou boa no grupo, mesmo com algumas sequelas nos pés de colegas que precisaram de um cuidado maior. Mas, afinal, tínhamos apenas começado a jornada e a expectativa do muito que ainda teríamos para viver superava as dificuldades iniciais.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Caminhada Natal-Caicó 1ª parte


Já fizemos muitas caminhadas de longo percurso, mas o desafio proposto por Moab Felipe não erapatch-natal-caico pequeno: percorrer os 275 Km entre a capital do Rio Grande do Norte e a principal cidade da região do Seridó, à pé, durante 10 dias.

Esse desafio não se resumiu apenas ao preparo físico. Organizar a logística de hospedagens e alimentação em uma região carente de pousadas e sem usar carro de apoio demandou várias reuniões e uma viagem exploratória de carro, realizada por Moab, Jacqueline e Helena, que fizeram as marcações com GPS. Com as informações levantadas, vieram as decisões: trechos a serem percorridos a cada dia, horários de partida pela manhã, existência de pontos de ressuprimento (bares, mercadinhos, etc.), pontos para almoço, o que levar nas mochilas (cuidando para reduzir a carga), etc. Contaremos tudo ao longo dos posts desta série.