segunda-feira, 25 de julho de 2016

Caminhada Natal-Caicó 1ª parte


Já fizemos muitas caminhadas de longo percurso, mas o desafio proposto por Moab Felipe não erapatch-natal-caico pequeno: percorrer os 275 Km entre a capital do Rio Grande do Norte e a principal cidade da região do Seridó, à pé, durante 10 dias.

Esse desafio não se resumiu apenas ao preparo físico. Organizar a logística de hospedagens e alimentação em uma região carente de pousadas e sem usar carro de apoio demandou várias reuniões e uma viagem exploratória de carro, realizada por Moab, Jacqueline e Helena, que fizeram as marcações com GPS. Com as informações levantadas, vieram as decisões: trechos a serem percorridos a cada dia, horários de partida pela manhã, existência de pontos de ressuprimento (bares, mercadinhos, etc.), pontos para almoço, o que levar nas mochilas (cuidando para reduzir a carga), etc. Contaremos tudo ao longo dos posts desta série.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Ecopedal Caicó 2016


Rapaduras na saída
Rapaduras na saída para o pedal
Cicloturismo com a participação de mais de 300 ciclistas é um desafio para qualquer organização, considerando os aspectos logísticos, de segurança, roteiro, etc. Ainda mais quando levamos em conta o calor característico do Sertão Nordestino.
Com boas referências de duas edições anteriores e principalmente levando em conta que teríamos muita gente do nosso querido grupo Rapadura Biker participando, nos inscrevemos nos últimos momentos e fomos pro Seridó.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Trilha no Parque Estadual de Pedra da Boca


O Parque Estadual de Pedra da Boca fica localizado no município de Araruna – PB, masTrilha no Parque Estadual de Pedra da Boca (5) pertinho do Rio Grande do Norte, fazendo divisa com os municípios de Passa e Fica e Serra de São Bento, separados pelo Rio Calabouço.

Seu nome vem de uma formação rochosa com formato de boca, avistada desde longe por quem chega vindo de Goianinha. Além da pedra que lhe dá o batismo, o parque possui várias outras, como a Pedra Olho d´água, Pedra do Coelho, Pedra da Caveira e Pedra do Dente.
Com uma área 157 hectare esta Unidade de Conservação foi criada através do  Decreto Estadual (PB) nº 20.889 de 07/02/2000 e está inserida nos contrafortes da Serra da Confusão.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Turismo de Aventura: o RN precisa pegar essa trilha


O 7º Fórum de Turismo do Rio Grande do Norte que foi realizado nos dias 17 e 18 de março de 2016
teve como tema central "Promover destinos, desenvolver regiões". Tive o prazer de iniciar o ciclo de palestras abordando o turismo de aventura, uma oportunidade de tratar de um assunto que traz muita satisfação, tanto do ponto de vista pessoal, como turista de aventuras, quanto pelo trabalho de consultoria em gestão, já aplicado várias vezes neste segmento.

Um resumo do que apresentei, seguindo o raciocínio que temos muitas oportunidades que podem ser aproveitadas e gerar desenvolvimento, desde que os envolvidos atuem com profissionalismo, cumprindo requisitos básicos para o turismo de aventura:

quarta-feira, 16 de março de 2016

Entrevista ao Bom Dia RN - Turismo de Aventura


Hoje eu fui entrevistado no Bom Dia RN, da InterTV Cabugi, afiliada da Rede Globo. O tema central foi o turismo de aventura. Confiram no vídeo:


video

Além de abordar aspectos do turismo de aventura, divulgamos o 7º Fórum de Turismo do Rio Grande do Norte (www.forumdeturismorn.com.br) no qual farei a palestra "Turismo de Aventura: o RN precisa pegar essa trilha", que será realizada amanhã, às 14:30 no Centro de Convenções de Natal.

domingo, 13 de março de 2016

Pedal entre Ceará-Mirim e Pureza


Nosso pedal do dia 20/02 foi realizado entre as sedes dos municípios de Ceará-Mirim e Pureza.
Início do pedal
Logo cedo, às 05:45, saímos em comboio de carros de Natal e percorremos os cerca de 30 Km até a praça da Igreja Matriz de Ceará-Mirim.

As bikes foram descarregadas e ajustadas. Mudamos os veículos: de 4 para 2 rodas (muito melhor !). Seguimos para tomar um ótimo café da manhã no Mercado Municipal de Ceará-Mirim, onde são servidos pratos típicos da culinária nordestina: macaxeira cozida, tapioca, cuzcuz, queijo de coalho frito, picado (é isso mesmo, picado logo de manhã), suco de mangaba, etc. O grupo se dividiu entre os vários quiosques e encheu a barriga.