segunda-feira, 22 de maio de 2017

Gêiseres El Tatio


                                                                                                                                                                                           (*) Patrocinado

Gêiseres El Tatio 7
Gêiseres El Tatio
Nosso terceiro dia no Atacama revelou, nos primeiros raios de sol, uma nova e diferente atração: os Gêiseres El Tatio. Para nós, a primeira vez que visitávamos esse tipo de manifestação geológica.

Saímos cedinho de San Pedro na van da Ayllu Atacama para cumprir o percurso de cerca de 90 Km até a entrada do parque, administrado pelas comunidades indígenas de Caspana e Toconce.

Logo ao chegar, ainda dentro do carro, nosso guia tomou um papel e caneta e começou a nos explicar os mecanismos causadores e os diferentes tipos destes gêiseres.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas

(*) Patrocinado
Vulcão Miñiques - Chile
A estonteante beleza do Vulcão Miñiques
Nosso segundo dia no Atacama começou cedo. Acordamos perto das 05:00 e nos preparamos para um dos mais belos passeios na região, inaugurando também as atividades acima de 4000m.

As atrações principais eram as lagunas altiplânicas. Como previsto, a van da Ayllu Atacama nos apanhou no hostal e juntamente com outros brasileiros, seguimos pela Ruta 23 naquela sonolência matinal.

Nosso primeiro destino foi a região conhecida como Piedras Rojas, localizada no Salar de Talar (não confundir com o Salar de Tara), a cerca de 160 Km de San Pedro de Atacama. A presença de ferro nas rochas é responsável pela coloração avermelhada e junto com os vulcões e os reflexos na água rasa no Salar  fazem a alegria para os olhos e para os clicks.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Valle de La Luna e Valle de La Muerte

                                                                                                                                                                                           (*) Patrocinado
Valle de La Luna - Chile
Mirante de Kari e o Valle de La Luna

Depois de chegar a Calama, ao final de uma longa viagem desde o dia anterior, saindo de Natal - RN, estávamos bem cansados. Porém, a perspectiva de começar a desbravar as belezas do Atacama foi o combustível suficiente para agendar o passeio na mesma tarde.

A saída ocorreu por volta das 16:00 da Sede da Ayllu Atacama, empresa com a qual fizemos uma parceira para todas as atividades na região, sob as orientações do guia Felipe. Nossa primeira parada foi no Mirante (Mirador) de Kari, onde está a Pedra do Coiote, a cerca de 10 Km de San Pedro de Atacama. Deste ponto, a paisagem do Valle de La Luna é fantástica. Um excelente cartão de visitas e um verdadeiro tesouro geológico.

domingo, 7 de maio de 2017

Roteiro de aventura: Atacama, Uyuni e Huayna Potosi


Vulcão Licancabur
A visão onipresente no Atacama: Vulcão Licancabur
Com a crise econômica de 2015 e 2016, passamos 2 anos sem viagens internacionais. Em abril deste ano, conseguimos planejar e executar um roteiro fantástico por alguns destinos de aventura que faziam parte de nossa lista.

Vamos começar nosso relato com uma apresentação geral de nosso roteiro, onde os Nerds Viajantes foram nossa principal fonte de informações para esta viagem, tanto através do blog quanto em uma agradável conversa durante um jantar em Pipa - RN.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Pêndulo na Pedra da Boca


Pedra da Boca
Pedra da Boca
De acordo com as definições da física, um pêndulo é uma massa acoplada a um ponto fixo por um fio ou corda, de modo que a massa pode se mover livremente. A massa está sujeita às forças de tração (da corda) e da gravidade, de forma que podemos calcular seu período com a equação.... Bom, esqueça por um momento a teoria e veja como o movimento oscilatório pode gerar uma boa adrenalina, em um local de belíssimas formações rochosas.
O palco da aventura é a Pedra da Boca, uma formação rochosa com cerca de 330 m de altura, localizada no município de Araruna-PB, mas vizinha ao Rio Grande do Norte, com acesso pelo município de Passa e Fica. É um destino que conhecemos bem, com inúmeras visitas e alguns relatos aqui no blog (link). Entretanto, faltava participar de um dos atrativos mais recentes e bacanas: o pêndulo.

domingo, 12 de março de 2017

Caminhada Natal-Caicó Última parte


A caminho de Cruzeta
Saindo de São Vicente
Em São Vicente, havíamos concluído o maior trecho da viagem (veja relato aqui). Entretanto, a vitória em conseguir superar os 42 Km em um único dia ainda não autorizava o relaxamento. Àquela altura, faltavam 3 dias para chegarmos a nosso destino.

São Vicente - Cruzeta

Neste trecho, tínhamos uma dúvida sobre o ponto de alimentação, uma vez que só havia basicamente uma opção e o mapeamento prévio não fez uma visita de avaliação. O local era o Bar da Rapa, localizado no sítio Poço de Pedra, município de Florânia. Sem maiores informações, logo de manhã perguntamos ao responsável pela pousada de São Vicente que, por coincidência, era parente do pessoal do Bar. Problema resolvido: bastava ligar antecipadamente e reservar o tipo e quantidade da refeição. Moab fez a ligação e as reservas e saímos da cidade pela rodovia, para logo seguir pelas estradas de barro.